PARTICIPANTES

 

1- Alfredo Mendes
2- Clara da Costa
3- Eugénio de Sá
4- João Coelho dos Santos
5- Nelson Carvalho
6- Rita Rocha
7- Orlando Caetano
8- José Ernesto Ferraresso
9- Sonia Nogueira
10- Humberto-Poeta
11- There Válio
12- Maria Olga de Oliveira Lima
13- José Hilton Rosa
14- Maria de Fátima Delfina de Moraes
15- Marinez Stringheta/Mara poeta
16- Nídia Vargas Potsch
17- Yna Beta
18- Isabel C S Vargas
19- Gina Maia
20- JAS
21- Eline Santos
22- Vitória Lynn
23- Glória Tabet Marson
24- Hamilton Brito
25- Cida Micossi
26- Sueli do Espirito Santo
27- Mifori

 

 

 

 

RETROCESSO
Alfredo Mendes

Eu quero encontrar o meu tempo vivido.
Rever meu passado, saber o que fiz.
Lembrar travessuras enquanto petiz,
Tentar recordar o que foi esquecido.

Trazer à memória meu sonho perdido,
E não me importar se foi sonho infeliz.
Se foi pesadelo, verei seu cariz…
Então saberei por que andara fugido.

Pretendo saber quantas horas perdi,
Tentando encontrar de quem sempre fugi…
Fingindo viver uma vida com Sol.
Porém quero ver o meu tempo passado.
Os passos que dei, por que fui derrotado,
Deixado a sofrer num imenso arrebol!

 

 

RETROCESSO

Clara da Costa

Embrulho-ne no tempo,
Encolho-me nas noites frias,
Revejo o passado nesse sentimento
Que navega sem rumo.

Meu pensamento faz um retrocesso,
Entre palavras mudas...
Nada satisfaz, fico assustada,
Nesse silêncio cinzento.

Calo o sorriso que balança ao vento
Levando em cada lágrima
A saudade que diz teu nome como um lamento
E a esperança desse coração que ainda te ama.

 

 

Retorno ao passado

Eugénio de Sá

De um outro tempo a nostalgia sinto
e se outras vidas houveram no passado
momentos vivem latentes, e pressinto
que certamente me foram do agrado

Sonho com os passeios a cavalo
plos verdes prados de um país ardente
e viagens em naus, ouvindo o fado
em mares de mansidões, aos sóis poente

Continentes doirados de aventura
frondosas árvores, calores escaldantes
translúcidas cascatas de casta água pura
ribeiras doces, brandas, esfusiantes

Esboça-se em mim um riso de esplendores
perante tanta ventura desvendada
mas quedado me fico, em mil tremores
Ao acordar já não recordo nada!

 

 

RETROCESSO

João Coelho dos Santos

Soprava morno o vento.
Pôs-se de mãos postas a rezar
E a mendigar misericórdia.
Sentiu-se mortalha de cigarro
Consumida por retrocesso
E excesso.

 

 

Retrocesso

Nelson Carvalho

Tudo pode andar pra trás,
tudo pode ter um outro processo,
O amor quando vem em PAZ,
certo, jamais tem retrocesso!

 

 

Retrocesso
Rita Rocha

Reviver alegrias do passado
Daquele amor extasiante
Casal belo e apaixonado
De chama d´ alma radiante...

Lado a lado, quero estar contigo
Braços dados como antigamente.
Aninharmos em nosso abrigo
Que o amor brotara semente.

Reencontrar a felicidade
Que há muito está ausente,
Estou na melhor idade
Pra ganhar este presente.

 

 

Retrocesso
Orlando Caetano

Quando retrocedo medito
nas bênção que Deus me deu
e agradeço a sua provisão
abro-lhe o meu coração.

 

 

Retrocesso
José Ernesto Ferraresso

Para que relembrar?
Será que vale a pena?

Sim, a lembrança caminha conosco lado a lado.
Relembrar é bom mas, às vezes, prejudicial.
Olhamos no espelho e vejo as marcas em meu rosto
que não apareciam.

Recordações estão em todos os momentos.
Nas conversas entre amigos, em minha mente,
tanto as boas como as ruins.
Lembrar, pensar, meditar, analisar, relembrar;
são sinônimos dessa palavra.

Retroceder na nossa infância, na juventude,
lembrar das peraltices que cometíamos, é bom,
e tem hoje fundamento.
Ninguém pode fugir delas e nem sequer evitar.
Lembrança gera esperança.

Esperança... saudade,
Saudade... jamais tem idade.

 

 

Amo tudo o que foi...
Sonia Nogueira

Minha terra onde eu nasci
O rio deitado e correndo
O sol que dali eu vivi
Leite mugido bebendo.

O que não foi gerou sonho
O tempo ali não parou
E quando lembro suponho
Assim ficou não brotou.

Na foto, amarelo pousou,
Ano feliz sem tormenta
Dispersa, a mente guardou.

A casa, do pai o cheiro,
E cheiro da terra molhada
Na luz do luar meu celeiro.

 

 

Arrufos
Humberto Rodrigues Neto

Brigamos, certa vez, e nunca mais
nos demos um ao outro alguma chance;
nem um nem outro desejou mais
voltar a folhear velho romance...

Nós nos amávamos sinceramente
e ainda nos tratamos com meiguice;
o lar nós desmanchamos num repente
por questões bobas de pueril tolice.

Porém das ondas da vida ao marulho,
eis que ela quebra a minha noite insone
a perguntar, já despida de orgulho
se inda a amo, a chorar ao telefone.

Um tanto irado e ferido em meus brios,
intento o fone arremessar no gancho...
Mas envolto em remorso e calafrios,
lhe ligo em pranto, que no olhar desmancho:

-Perguntas-me se ao lar podes voltar
já não tão jovem e nem tão faceira...
Ah, podes...Podes, sim...É só pegar
a chave que ainda está sob a floreira!

 

 

Descrença

There Válio

Esta solidão que não acaba em mim,
A saudade entranhada em meu ser,
A tua ausência que me faz sofrer,
E a culpa desse amor acabar assim.

Sem nenhuma razão aparente...
Você se distanciou pra sempre.
Talvez eu tenha sido ausente,
Não soube dar valor ao amor

Que você sempre demonstrou sentir
E eu talvez não soube retribuir.
Tentei me redimir e quem sabe
Você voltasse a me amar de novo

Mas quando nosso olhar cruzou...
Percebi a descrença que você sentiu
Em relação a conviver comigo.
Agora vivo nesta solidão...

É a colheita pelo que plantei...

 

 

RETROCESSO
Maria Olga de Oliveira Lima

Quero voltar ao meu tempo vivido.
Reviver e sorrir... meu tempo feliz.
Pintar a boca de amoras maduras,
Pitangas também...
Sem jamais me esquecer
Saborosos cambuís.

Eu quero de novo, minha vida infantil
Brincar com esquilos,
Pescar lambaris.

Relembrar travessuras...
Dos tempos da infância
Joelhos esfolados...
E mamãe, com todo cuidado
Nos seus curativos.

Papai, às vezes,
Chamava a atenção,
E em suas palavras... falava
Com o coração.

_ Menino, tome jeito!!
Trabalhe direito a peça da vida.
Pois ela, só há uma ida.
Não há retrocesso,
Pra curar as feridas.

 

 

Retrocesso
José Hilton Rosa

Deitado em berço de espinhos
Respirando um ar crespo
Sofrendo a cólera da fala
Caindo sobre a vergonha da existência
Debruça sobre a ignorância
Esquece o valor da vida
O retrocesso para a inutilidade .

 

 

Retrocesso
Maria de Fatima Delfina de Moraes

Não quero o passado, remexer a história;
na estrada do tempo arquivei as memórias.
Busquei liberdade sem ater-me ao futuro,
a vida é mais leve aos que se atrevem
com plena certeza o presente viver...

Arquivei nossas fotos, cartas rascunhadas,
e o presente é bordado na tal contra mão.
Arquivei sofrimento e desilusão.

Vou buscar novo riso, novas alegrias,
encontrar novo amor para o meu coração.

 

 

RETROCESSO

Marinez Stringheta/Mara poeta

Ao seu lado
Avanço um passo
Regrido dez
Nesse lento caminhar
Perde perspectiva, a vida.
Faço o impossível para vencer
Você... só faz sofrer
Em nada parece crer
Otimismo X Pessimismo
Jogo... Só há perdedor
Entusiasmo parte
Leva a bagagem
Sai de cena
Outra paragem
Pois, nada mais encena
Necessito...
Saborear a aragem.

 

 

Retrocesso!
Nídia Vargas Potsch

Sair de fininho sem palavra sequer...
Retroceder no tempo, impossível,
Atrasar ponteiros do relógio... nunca!

Nada fará a alma sorrir novamente
Alcançar a fantasia e o sonho
Num rodopiar de encantamento...

Recuar, desandar do coração em retirada
Jogo da Vida revela conflitos camuflados.

 

 

RETROCESSO

Yna Beta

Sonhei muitos sonhos acordada.
Realizei alguns em minha caminhada.
Outros, no entanto, perdi a euforia.
Mas prossegui com garra e alegria.

Os que ficaram no esquecimento
Não sei se seriam de sofrimento.
Ficaram lá, no passado, bem recentes
Sem ferir os passos que ficaram reticentes.

Gostaria de poder naquele tempo voltar.
Retroceder na memória e até tentar.
Saber se os sonhos esquecidos eram insanos
E se o destino tentou poupar-me desenganos!

 

 

RETROCESSO

Isabel C S Vargas

Meu pensamento, algumas vezes,
Retrocede ao passado distante,
Quando vivíamos com paz e simplicidade,
Sem correrias, pouco a pouco saboreando momentos.

Há definição de que voltar ao tempo passado
É retroceder e perder as conquistas atuais
Abrir mão do que foi realizado,
Criando sentimento de perda e involução.

Viver é bom e voltar atrás, impossível
Como a sociedade está hoje,
Violenta, insegura, corrupta,
Retroceder e recomeçar, não seria avanço?

Viver livre de grades, cercas, alarmes,
Andar na rua sem preocupação e medo,
Desfrutar aquilo que conquistamos
Sem correr risco de morte. Sonho atual.

 

 

 RETROCESSO
Gina Maia

Outrora foram bailados coloridos
os beijos eram demorados e sentidos!
Mas agora a alma chora dolorida,
o sol não mais aquece o coração.

Surge o alvorecer da tempestade;
o frio e a neve são manto gelado.
Não há fogo, nem chama, nem lume.
A vida tem de esquecer a quimera
que não lhe dá felicidade.

Passam Primaveras sem flores e sem perfume.
Que se trilhem os caminhos do retrocesso,
para que a dança da vida
seja mais bela, mais doce e mais colorida,
livre de sofrimento e insucesso !

 

 

RETROCESSO
JAS

É viver a vida novamente
Tudo como antigamente
Gastando o nosso destino
Como se ele fosse voltar no tempo
É nostálgico não sonhar novamente
E pensar em tudo voltando no tempo
É um retrocesso pensar na vida
Com olhar de antanho
Mas vivendo no presente

 

 

RETROCESSO
Eline Santos

Permaneci por um tempo, distante.
Meus olhos, ficaram cansados
E meu sorriso perdeu a graça.
Meus lábios, tinham marca de dor.
Meu corpo, trazia o queimor da magoa...
Os sonhos...os meus sonhos foram atiçados ao tempo,
Junto com as carícias e os planos de amor.

Restou o soluço pisoteado por tanto amargor...
Agora, disfarças... vens em busca de amor,
Onde não há mais calor.
O ontem, diluiu-se nos primeiros raios de sol,
Quando ergui-me, distanciando-me do passado,
Renovada, acobertada por um novo sentido de viver.

 

 

RETROCESSO

Vitória Lynn

Como seria bom se eu pudesse
voltar no tempo e concertar meus erros,
reorganizando minha vida de tal maneira,
que faria com que eu
revivesse tudo novamente
sem me entristecer tanto com algumas pessoas
que poderia encontrar
ao longo da minha caminhada, imaginando que,
enquanto estivesse com elas, tudo
para mim daria certo e assim,
elas nunca teriam motivo
para me mostrar o contrário!
É desta maneira que
muitos de nós pensamos
ao concluir que tudo isso,
poderia ser completamente diferente,
se acontecesse em nossas vidas
um simples retrocesso.

 

 

Retrocesso

Glória Tabet Marson

O teu silêncio me impede
de viver meu grande amor
e sinto que retrocede
tudo que foi com ardor!

 

 

Retrocesso

Hamilton Brito

Quando me lembro das horas perdidas
e dos tantos beijos que te neguei.
Quando me lembro do amor não vivido
e do longe de ti que tanto tempo passei
imploro a Deus para minha vida um retrocesso
e ter-te de novo, para amar-te como nunca amei

 

 

RETROCESSO

Cida Micossi

Se eu voltar a querer-te,
Não tenho dúvida:
Nada vai acrescentar
À minha vida tão triste
Que só soube te amar
Sem nada em troco ganhar

 

 

Retrocesso

Sueli do Espírito Santo

Desde o instante da tua partida
já não sei como levar a vida
coração inquieto... alma vazia
no pensamento, na lembrança
tua imagem que não se cansa
de aparecer na minha fantasia.
E nesse constante retrocesso
Eu sonho com teu regresso.

 

 

Retrocesso
Mifori

Coração em retrocesso
não recua em retirada;
os conflitos sem recesso,
no jogo da vida, não são nada.

 

 

Tutorial Mara Pontes

Edição Mara Pontes

 

:::VOLTAR:::