:::CIRANDA BRUXINHA TERRIVEL:::

 

 

PARTICIPANTES

 

1- Ciducha
2- Clara da Costa
3- Nidia Vargas Potsch
4- Maria de Fátima Delfina de Moraes
5- Theca Angel
6- Orlando Caetano (Portugal)
7- Marinez Stringhetta/Mara poeta
8- José Renato Araújo
9- Arianne Evans
10- Gutemberg Maciel
11- Maria Olga de Oliveira Lima
12- Lúcia Trigueiro
13- Humberto-Poeta
14- Maria Tomasia
15- José Ernesto Ferraresso
16- Paulo Silveira de Ávila
17- Zenaide Giovinazzo
18- José Hilton Rosa
19- Cida Valadares
20- Luiza Almeida
21- Mifori
22- Eri Paiva
23- Ana Kilesse
24- Mario Antonio dos Reis
25- Ilze Soares
26- Fernando Alberto Salinas Couto
27- Cássia Vicente
28- Wilton Almeida Reis

29- Clarice Wiec
30- Malubarni ( Portugal )
31- Natália Vale ( Portugal )
32- Heloisa Crosio
33- JVerdasca
34- Yeda Soares Chiviacowsky
35- Maria Marta Cardoso
36- Isabel Passos (Portugal)
37- Madalena Müller
38- There Válio
39- Marlene Constantino
40- Gilíto (Portugal)
41- Rita Rocha
42- Mavi Lamas
43- Theca Angel
44- Eugénio de Sá (Portugal)
45- João Coelho dos Santos (Portugal)
46- Osmarosman Aedo
47- Dioni Fernandes Virtuoso
48- Eduardo Gragnani
49- Lêda Therezinha Rubin
50- Antônio Cicero da Silva (Águia)
51- Sueli do Espírito Santo
52- Maria José Zovico (Zezé)
53- Cida Micossi
54- Cel (Cecília Carvalho)
55- Katarina Madeira

 

 

 

Quanta Saudade...!

Ciducha

O tempo passa,
a saudade aumenta,
e a certeza de que você
jamais voltará...
Me atormenta!

 

 

Quanta Saudade...!

Clara da Costa

O tempo não pára,
a saudade machuca,
nada responde ao teu silêncio...nada.

Estremeço!

 

 

Quanta Saudade...!

Nidia Vargas Potsch

Ainda vai ser preciso
que eu sinta
para você voltar para mim?

Suportando...

 

 

Quantas Saudades...!

Maria de Fátima Delfina de Moraes

do encontro ao entardecer,
dos beijos à luz da lua,
estar em teus braços e adormecer!

 

 

Quanta saudade!...

Theca Angel

Dos toques amorosos
Dos teus beijos gostosos e sensuais
de nossas conversas banais

Dos anoiteceres ditosos!

 

 

Quanta Saudade...!

Orlando Caetano

A nossa vida uma passagem é.
Quanta saudade inútil, para quê?
Lembranças boas sim, coragem, fé!

Eu canto o fado alegre...

 

 

Quanta Saudade...!

Marinez Stringhetta/Mara poeta

Do caminho da escola
Chegar antes da hora
Somente prá te ver passar
Coração prestes a saltar.

 

 

Quanta Saudade...!

José Renato Araújo

Neste mundo tudo passa
e passa tão depressa!
Como este verso que já passou...
Só não passa esta saudade amiga,
doída, de você que em mim ficou...

 

 

A Saudade É...

Arianne Evans

um bichinho que existe na
nossa alma, alimentado pela dor
que a cada dia tira de nós um pedacinho...

 

 

Quanta Saudade...!

Gutemberg Maciel

Vislumbro tudo o que passou
Junto de ti, meu amor.
Quanta saudade. Quanta saudadeeee!!!

 

 

Quanta Saudade...!

Maria Olga de Oliveira Lima

Eu trago tanta saudade
Do tempo que passou...
Trouxe você-verdade
Ao fundo ...do coração!

 

 

Quanta Saudade...!

Lucia Trigueiro

Coração fala
sentimento cala
amor espera
céu paixão.

 

 

Quanta Saudade!

Humberto-Poeta

Sim, meu amor, depois de em teu poema
os olhos ter pousado ao me deitar,
eu senti n'alma aquela ânsia extrema
de que em meu leito viesses me abraçar!

O teu calor é tanto, e a cama é fria,
assim como gelada é a solidão
desta saudade que ora me angustia
ao ter-te longe do meu coração!

Se ainda há pouco nós nos escrevemos
falando da paixão que nos invade,
então, meu doce amor, por que é que temos
de suportar os dois tanta saudade?

 

 

Quanta Saudade...!

Maria Tomasia

Que tanto faz doer meu coração.
Até quando irei suportar?
Será que um dia irás voltar?

Insuportável!

 

 

Quanta Saudade...!

José Ernesto Ferraresso

Sentimento que marca,
com a partida de alguém,
ou então relembranças.
Momentos de intempéries
podem acontecer,
esta saudade profunda,
pela distância que
não vamos nos ver

 

 

Quanta Saudade...!

Paulo Silveira de Ávila

De ouvir um disco,
de passear na chuva,
de rir e cantar,
de acreditar na vida
e pousar no sonho.

 

 

Quanta Saudade...!

Zenaide Giovinazzo

Recordar nossos momentos
ajuda-me a suportar
as horas de solidão...

Consolo para o meu coração!

01.11.12

 

 

Quanta Saudade..!

José Hilton Rosa

Saudade que me leva por onde ando
Quanta saudade me leva a navegar no pensamento

Saudade que me faz de novo aproximar e te abraçar.

 

 

Quantas Saudades...!

Cida Valadares

Indefiníveis, incontáveis,
trazendo infelicidade
em meu peito

 

 

Quanta Saudade...!

Luiza Almeida

É no silêncio que vem as lembranças
Saudades infinitas enumeradas
Quanta saudade a relembrar.

Lágrimas...

 

 

Quanta Saudade...!

Mifori

Procurando novos ninhos
coração vai se apertando
com saudades sem carinhos
na tristeza se amargurando.

 

 

Quanta Saudade...!

Eri Paiva

Sem a seiva do teu amor
De santa saudade
Coração infartou!...

 

 

Quanta Saudade...!

Ana Kilesse

Dos momentos acalentados
Por este coração
Que teima em não esquecer...

 

 

Quanta Saudade...!

Mario Antonio Reis

Que tempo encantador!...
Tanto carinho e tanto amor!...
Mas, o tempo inexorável passou
e só a saudade do amor ficou...

 

 

Quanta Saudade...!

Ilze Soares

A saudade não passa,
só aumenta...
No peito a certeza
de que morro por ela...

Quie tristeza!

 

 

Quanta Saudade...!

Fernando Alberto Salinas Couto

Quanta saudade, a me maltratar,
mas, muito mais, vou sofrer,
se teu simples retorno eu aceitar.

 

 

 Quanta Saudade...!

Cássia Vicente

O tempo manda recados,
Nuvens negras, temporal.
A vida pede espaço.
Olhe pra trás...

 

 

Quanta Saudade...!

Wilton Almeida Reis

Até parece que foi ontem
Estávamos alegres a falar
De repente você se foi
Sem nada do mundo a reclamar
A ausência repentina é uma maldade.
Você se foi...Quanta saudade!

 

 

Quanta Saudade...!

Clarice Wiec

Quanta saudade eu sinto de ti, meu amor,
vem pra pertinho de mim, quero te sentir
pra voltar a sorrir e ser feliz.

 

 

Quanta Saudade...!

Malubarni

Meu peito até arfa
pela saudade que sinto de ti
derrubarei barreiras para ter-te aqui...

 

 

Quanta saudade!

Natália Vale

Dos meus tempos de criança,
Do colo de minha mãe,
Já não voltam...

que saudade!

 

 

Quanta saudade...!

Heloisa Crosio

Saudade...
Aperta meu coração esse sentimento que insiste
e não me deixa dormir.
Leva meu sono nas madrugadas vazias!
Quanta saudade, tenho de ti!
Conto os dias,
Para que voltes para mim...

 

 

Quanta Saudade...!

JVerdasca

Saudade, quanta saudade m' atormenta
Quando afloram certas recordacoes
De grandes amores e suas provacoes
Que apenas a juventude aguenta

E a saudade agri-doce dos poetas
O louco sofrimento do prazer
A extase euforica dos estetas
O triste sofrimento do sofrer.

 

 

Quanta Saudade...!

Yeda Chiviacowsky

Ontem, abraços e carícias
Hoje, recordações,
saudade de um grande amor.

 

 

Quanta Saudade...!

Maria Marta Cardoso

De ter você nos meus dias
de contar com você nas minhas noites
agora tão vazias.

 

 

Quanta Saudade...!

Isabel Passos

Há quanto tempo os olhos meus
não veem o brilho dos olhos teus?
Uma eternidade!

E como dói, amor!

 

 

Quanta Saudade...!

Madalena Müller

Ardida e que posso eu fazer
frente ao tempo que fora implacável
fazendo-nos perder.

 

 

Quanta Saudade...!

There Válio

Daquelas tardes de verão...
Abraçados e enamorados,
Curtimos nosso amor!

 

 

Quanta Saudade...!

Marlene Constantino

O pensamento voa na canção...
Quanta saudade!
Você e eu, gotas de mar, pura emoção.

 

 

Quanta Saudade

Gilíto

Quanta saudade dos tempos da honestidade
Da mãe que tranquilamente ao seu filho se dedicava
Do tempo em que a porta da rua não era trancada
Que bom que era, havia mais amor e menos maldade.

 

 

Quanta Saudade...!

Rita Rocha

Saudade gosta de viver comigo
não tem pressa de ir embora
fez do meu coração seu abrigo.

 

 

Quanta saudade

Mavi Lamas

Saudade ! É procurar em tudo... a presença
O cheiro, o gosto do outro
E nada encontrar
Nem a certeza do nada...

 

 

Quanta Saudade!...

Theca Angel

Abençoada saudade que me trás você
E me faz sentir o ardor de teus beijos de amor
O calor dos abraços, o toque das mãos
A intensa poesia de tua alma, teu calor! ...

 

 

Quanta Saudade...!

Eugénio de Sá

Que gosto acre, o fel desta saudade!
E o pior que posso perceber
É que a saudade dá-me a entender
Que um destes dias...posso não ter saudade!

 

 

QUANTA SAUDADE

João Coelho dos Santos

Quanta saudade em meu peito!
Quem dera de regresso a quimera
Dessa longínqua primavera…
Sei que correu e para trás ficou o tempo.
E que é frágil a raiz que me prende ao chão.
Vou quebrar algemas de solidão
Oiço o ribombar e os ecos dos gritos do vendaval.
Não sei se existes ou se te inventei.
Tantos morrem na ignorância dos afetos
Envoltos em deias doentias e desconexas
Que deslizantes se esquivam
Como a sombra do pecado.
Não quero deixar para trás o passado…

 

 

QUANTA SAUDADE...!

Osmarosnan Aedo
2.000 e Nós

Perpetuar-se diante do que pode ser
E esquecer-se de quem foi...
...lembro de quando fomos felizes e, sabia-mos...

 

 

Quanta Saudade!

Dioni Fernandes Virtuoso

A melodia marcando o momento...
Nós dois sorrindo,
descobrindo com emoção
o prazer de estarmos vivendo nossos sonhos...

 

 

Quanta Saudade...!

Eduardo Gragnani

Um silêncio por tantas palavras nunca ditadas,
Uma lágrima que se soltou ferida, provocando
um choroso latente da distância ida,
O olhos gritam impunes o dia da chegada,
Quanta saudade que canta no peito por amor e respeito.

 

 

Quanta Saudade

Lêda Therezinha Rubin

Nos braços de uma saudade
Vagam meus pensamentos...
Perfumando os meus lençóis
C'oas lágrimas de meus lamentos!

 

 

Quanta Saudade...!

Antonio Cícero da Silva (Águia)

A cada dia que se passa,
mais a saudade aumenta,
pela falta de você.

 

 

Quanta Saudade

Sueli do Espírito Santo

Quanta saudade eu sinto
daquele amor tão bonito
que perdeu-se no infinito
deixando-me tão abatida
pela intensa dor da ferida
quanta saudade eu sinto
daquela nossa doce vida.

 

 

Quanta Saudade!

Maria José Zovico (Zezé)

Quanta saudade me invade!...
O peiro, alma e coração!
Tudo que foi felicidade!
Agora é só solidão!...

 

 

Saudade

Cida Micossi

Não há palavras
Não há rimas
Não há inspiração

Apenas a tristeza
Fazendo morada
Em meu coração

Tantos dias distantes
Tanto amor contido
Tanta saudade no peito

Que tortura é essa
Que me faz refém?
Será que tem jeito?

 

 

Quanta Saudade...!

Cel (Cecília Carvalho)

O tempo passa,
eu nesta espera inútil,
cerro as pálpebras, tento esquecer
ledo engano, voce não virá ...

Saudade aumenta !

 

 

Quantas saudades....

Katarina Madeira

Que aperto no peito...
Ainda não parti
e as saudades já torturam.
Amordaçam-me a alma...
Devastam-me o coração!

 

 

Créditos:
Top Redemoinho de Helena Vera (link)
Arte Final Sueli
Tube: Karine

Adaptado por Mara Pontes©

 

:::VOLTAR:::