PARTICIPANTES

 

1- Odir Milanez
2- Clara da Costa
3- Ary Franco (O Poeta Descalço)
4- Edilson Xavier de Menezes/Edmen
5- ZzCouto
6- Isabel C S Vargas
7- Márcia Larangeira
8- José Ernesto Ferraresso
9- Osmarosman Aedo- 2.000 e (ainda) Nós
10- Maria Tomasia
11- Mifori
12- Cássia Vicente
13- Cida Micossi
14- Nelson Fontes Carvalho
15- Arianne Evans
16- Glória Marson
17- Clair Wilhelms
18- Eline Santos
19- João Coelho dos Santos
20- Rute Seubert
21- Marinez Stringhetta/Mara poeta
22- Nilza Stringhetta Rossi
23- Yna Beta
24- Gina Maia
25- Zenaide Giovinazzo
26- Paulo Silveira de Ávila
27- Sonia Nogueira
28- José Hilton Rosa
29- Vitória Lynn
30- Humberto-Poeta
31- Eugénio de Sá
32- Suzete Palitos
33- Maria de Fátima Delfina de Moraes
34- Maria Olga de Oliveira Lima

 

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso, penso, penso,
penso com tamanho intento,
que pareço estar propenso
a me pensar pensamento!...

Odir Milanez

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso...penso...penso,
a cada dia repenso,
e voo ao sabor do vento
a sorrir desse inesperado sentimento!...

Clara da Costa

 

 

Penso...Penso...Penso

Pobre deste trovador.
Nada sabe de trova.
Mal poeta de amor,
Mas se submete à prova.

Ary Franco (O Poeta Descalço)

 

 

PENSO, PENSO, PENSO

Se penso, logo existo
e se existo,
então penso
e penso com um
pensar intenso.

Edilson Xavier Menezes

 

 

Penso... Penso... Penso...

Penso, penso, penso muito
no que foi meu sentimento,
sem imaginar que teu intuito
não tinha argumento...

ZzCouto

 

 

Penso...Penso...Penso

Penso...Penso...Penso...
E rrecordo de momento intenso
Não pense que isso é meu invento.
É o amor que joguei ao vento.

Isabel C S Vargas

 

 

Penso...Penso...Penso...

Tudo é sempre tão tenso
penso... penso... penso...
mas perco o senso...
diante deste amor tão intenso

Márcia Laranjeira

 

 

Penso... Penso e Invento

Não só penso como invento,
todo dia fico muito tenso,
deixo as estrelas no firmamento,
responder o que penso!...

José Ernesto Ferraresso

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso... penso... penso
E por mais que não queira, tenso,
Me entrego ao amor ainda denso
Que intenso, pensa que penso, e, penso.

Osmarosman Aedo
2.000 e (ainda), Nós

 

 

Penso...penso...penso

Penso...Penso...Penso,
Oh Deus, que tormento
É um sofrer tão intenso
e não consigo acalento.

Maria Tomasia

 

 

PENSO...

Em um navio ancorado,
penso ler a sua história.
Hoje triste e enferrujado,
não se veste mais de glória.

Mifori

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso...penso...penso...
Porque pensar tanto
se no entanto
de nada adianta?...

Cássia Vicente

 

 

Penso... Penso... Penso tanto...

Penso...Penso...Penso...
Não sei mais o que pensar.
Meu cérebro, com espanto
Piração vai decretar!

Cida Micossi

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso!...Penso!...Penso!...
no grande amor qu'existe,
mas amante?...Desiste,
ainda não perdi o senso!

Nelson Fontes Carvalho

 

 


PENSO... PENSO... PENSO...

Penso...Penso...Penso...
Talvez, por tanto pensar,
me desperta o bom senso,
que estava a dormitar...

Arianne Evans

 

 

Penso...penso...penso...

Tu és a doce miragem
em que penso...penso...penso...
Porém não tenho a coragem
de dizer que a ti pertenço.

Glória Marson

 

 

Penso...penso...penso...

Penso...penso...penso...
ah! e como penso,
mas de repente, simples assim,
um pensamento, me fez despertar!...

Clair Wilhelms

 

 

Penso...Penso...Penso

Penso...Penso...Penso
Repentinamente repenso,
Navegando em mares do pensamento,
Soberbamente sou arrebatada pelo tempo.

Eline Santos

 

 

PENSO… PENSO… PENSO…

Complacente, romântico e arrebatador
Em tangível ternura de turbulenta escuridão
Desta minha Pátria desolada.
Penso… penso… penso…

João Coelho dos Santos

 

 

Penso...Penso...Penso...

penso...penso...penso
no linear do tempo
que é sugado pelo vento,
cantando controlo esse pensamento!...

Rute Seubert

 

 

PENSO... PENSO... PENSO...

Penso... Penso... Penso...
Não levo o antigo lenço
O cérebro exausto pesou
Abandonou o pensar... pensou...

Marinez Stringheta/Mara Poeta

 

 

Penso...Penso...Penso...

Pensamento constante
Errante vida
Sem saída do embaraço
Laço, mormaço do tempo em decaída.

Nilza Stringhetta Rossi

 

 

Penso...Penso...Penso

Penso, penso, penso...E como penso!
Em aplacar esse meu desejo do momento
de poder te amar como bem pretendo
e tentar fugir dessa dor, desse sofrimento...

Yna Beta

 

 

Penso...Penso...Penso
Gina Maia

Penso e Repenso!
Penso a cada momento
nos males do mundo;
-Nos quereres e nos desamores!
Penso nas guerras e nas dores.
Penso nos sacrifícios
dos corpos que em silêncio
se oferecem aos cilícios!

 

 

PENSO...PENSO...PENSO

Envolvida nesse pensar
dou asas ao meu coração,
conjugo o verbo amar
e me derreto de paixão!...

Zenaide Giovinazzo

SP/novembro/2015

 

 

Penso, penso...Penso...

Penso, olho para longe
em metidações, em reflexões,
Penso, em conclusão sensata,
Se penso, logo existo!...

Paulo Silveira de Ávila

 

 

Penso...Penso...Penso

Eu te penso...penso...penso
Igual em todas as horas,
Recordo o tempo e repenso
E sinto o quanto demoras.

Sonia Nogueira

 

 

Penso...Penso...Penso

Penso...penso...penso...
Vivendo todo acontecimento
Gosto do cheiro do incenso
Próximo de Você me dá contentamento

José Hilton Rosa

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso num futuro melhor que desde agora fui capaz de definir,
mas reconheço plenamente, que não pertence somente a mim
pois está em tuas mão, só meu Deus e Criador e sei,
logo estará por vir!

Vitória Lynn

 

 

Penso...Penso...

Penso, penso e quando penso
vejo que não há consenso
nesse imenso contra-senso
com que repenso o bom senso!

Humberto- Poeta

 

 

PENSO...PENSO...PENSOOOOOO!

Esta ferida doi imenso
Que diabo, tropecei
E foi tal tombo o que dei
que bem preciso... dum penso!

Eugénio de Sá

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso...Penso...Penso...
Não atina o meu pensar
Meu desejo, peso intenso
Sem o teu pensamento de amar

Suzete Palitos

 

 

Penso...Penso...Penso...

Penso... Penso... Penso...
na liberdade vivo
asas ao pensamento
e saudades revivo.

Maria de Fatima Delfina de Moraes

 

 

Penso...Penso...Penso...
Maria Olga de Oliveira Lima

E repenso...
E enquanto vou pensando
Faço e refaço regras e conceitos...
Penso num mundo novo
Sem dor e muita cor.
Penso em laços, abraços, risos
Mundo Novo, Perfeito, Feito PARAÍSO.

 

 

Penso... Penso... Penso...

Maria Olga de Oliveira Lima

Penso... Penso... Penso...
Penso apenas em te esquecer...
Mas como? Se em minha cama vazia
Só por ti espero, para vir me aquecer???

E repenso...
E enquanto vou pensando
Faço e refaço regras e conceitos...
Penso num mundo novo
Sem dor e muita cor.
Penso em laços, abraços, risos
Mundo Novo, Perfeito, Feito PARAÍSO.

 

 

Edição Mara Pontes

 

:::VOLTAR:::