PARTICIPANTES

1- Eugénio de Sá
2- Clara da Costa
3- Nelson Carvalho
4- Malubarni
5- Isabel C S Vargas
6- José Hilton Rosa
7- Márcia da Costa Larangeira
8- Theca Angel
9- Sonia Nogueira
10- Humberto Rodrigues Neto
11- Ciducha
12- Carolina Ramos
13- Osmarosman Aedo –2.000 e (ainda) Nós
14- Eline Santos
15- Hamilton Brito

16- Vitória Lynn
17- Paulo Silveira de Ávila
18- João Coelho dos Santos
19- Maria de Fátima Delfina de Moraes
20- Gina Maia
21- Maria Olga de Oliveira Lima
22- Fernando Alberto Salinas Couto
23- Cássia Vicente
24- JAS
25- Zenaide Giovinazzo
26- Rita Rocha
27- ZzCouto
28- Fernando Aberto Salinas Couto
29- Maria José Zovico
30- Sueli do Espírito Santo

 

 

 

Justo Anseio
Eugénio de Sá

Fado ominoso o meu, triste penar
O que sonhei pra nós, é letra morta!
Sou como vento a tumultuar-te a porta;
Nada mais que um ruído, a ignorar!

Fechada a boca à fala que não sai,
Cerrado o coração à dura pena,
Alma assim reduzida é mais pequena
C’o afundado punho em que se esvai.

Sou qual um livro que as folhas rasgaste,
Atirado na estante e lá esquecido
Um mal menor que sempre desprezaste.

Malgrado, anseio por ser ressarcido
Volvido à vida que tu me negaste
Que me permita amar o que é merecido!

 

 

Justo Anseio
Clara da Costa

Como a saudade precisa do poema,
necessito teu olhar acolhedor,
que no meu viver é o tema
e a trilha sonora do meu amor.

Minh'alma fica a voar,
em doses de loucas lembranças, no instante
sorvidas à cada taça, a retratar
teu sorriso emoldurado na estante.

Rabisco uma pequena poesia
finjo um teatro em passos cantantes,
desenho arco-íris em euforia.

Anseio descansar a alma apaixonada
banhando-me nas lágrimas do nevoeiro,
à espera do tudo ou do nada!

 

 

Anseio Justo
Nelson Carvalho

Eu não quero saber, nem tal me é dado,
Em que dia há-de a morte ser comigo;
Meio século há já que a estrada sigo,
Menos tenho de andar, que tenho andado,

Mas, se o tempo jamais me deu cuidado,
Do lugar outro tanto já não digo;
Gostava de morrer em sitio amigo,
Fitando os olhos no que tenho amado!

Minha velhinha varanda conhecida!
Quando, às vezes, me fico a pensar n’ela,
E mais uns trechos bons da minha vida,

Penso também na morte, que era bela,
Se quisesse chegar despercebida,
E deixar-me a dormir n’essa janela!

 

 

Justo Anseio
Malubarni

Tenho um justo anseio, a saudade,
Que tenho do teu olhar carinhoso,
Da tua voz que era liberdade,
Do teu beijo que era amoroso

De dia e de noite dá-me vontade
De estar em teu abraço caloroso
Tão distantes estamos em verdade
Mas unidos pelo anseio tão formoso

Um dia, talvez, quem lá sabe
Não sabendo direito onde vou
Procurarei caminho que te cabe

Saberás imediatamente onde estou
Pois não haverá vento que acabe
Com o amor que em mim despertou

 

 

Justo Anseio
Isabel C S Vargas

Triste realidade a nós se apresenta
É na cidade grande ou no interior
Nos sentimos impotentes para o mundo mudar,
Em face de tanta violência noticiada.

Assassinato, corrupção, violência
Pobreza, fome, discriminação,
Animais em extinção, planeta doente
Homens perdendo sua humanidade.

Justo anseio dos homens conscientes
Dos justos e não atingidos pelas mazelas
É uma modificação radical das pessoas
E uma melhor sociedade construir.

 

 

Justo Anseio
José Hilton Rosa

Mãe que te quero feliz
Sem dor e sem choro
Quando me enamoro
Lembro quando me diz

Longe me trouxe para bem perto
Brotou paixão nos corações
Aproximou filhos e noras nas paixões
Genro, filha e neto

Dor que suprimiu lágrimas
Todos os dias se fez mãe
Seu beijo cura edemas

Plantar o alimento, oferecer centeio
Enfeitar nossa alma, reza de mãe
Alimentar em teu seio, justo anseio

 

 

Justo Anseio
Márcia da Costa Larangeira

Com a alma ferida, vagando perdida
encontrei um amigo, um ombro para chorar
qual me acolheu e soube curar
a mágoa, a tristeza e a ferida

Minha alma encantou-se, amei-o em silêncio
tentando esconder o que sentia
mas meu coração gritava pelo que queria
tornando meus dias um verdadeiro suplício

Mas como tudo o que é encoberto
Meu segredo um dia foi descoberto
Porém seu coração já estava tomado

E por mais que eu quisesse que ele tivesse me amado
Vivi esse amor só sonhos e devaneios
E agora penso, que esquecê-lo é um justo anseio

 

 

Justo Anseio
Theca Angel

Por amar-te vivo, é o meu destino!
Como imaginar-me além desta tristeza,
Perder-me num labirinto de incerteza
Querer-te mesmo que seja desatino?
Até onde me levará este caminhar
Se te vejo em cada rosto, palpitante?
Nos percalços de uma infeliz errante
Eu vagueio, esperando te encontrar!
Espero! Haverá, além, um dia de luz.
Toda dor, a um final feliz conduz!
Nas esquinas da vida te encontrarei.
Imagem que vive em minha memória
Que é meu desespero, a minha glória...
É você, e com meu amor te alcançarei.

 

 

Justo Anseio
Sonia Nogueira

Nas noites te procuro na distância
Em meio à escuridão do pensamento
Mergulho e te vejo, minha ânsia,
Embalde colho a luz e me assento.

Recolho-me cabisbaixa, sorrateira,
E na janela o vento em desalinho
Resgata no luar vida inteira
Lembranças guardadas sob o ninho.

 

 

Justo Anseio
Humberto Rodrigues Neto

Sussurrarei juntinho aos teus ouvidos
a mais bela orquestração do meu cantar...
Pela mulher que encanta os meus sentidos
eu jamais passaria sem notar.

Do cativeiro que hoje me angustia
eu hei de um dia me fazer liberto
pra seduzir-te com ânsia e ousadia,
e amar-nos frente a frente, bem de perto!

Esses desejos que o teu ser não vence
e que em teus versos, afinal, confessas
têm algo que me anima e me convence
de que não faltarás às tuas promessas.

Falar de amor, se nem amantes somos,
é supor-me no céu do teu abraço,
é sentir a textura dos teus pomos
me agasalhando ao céu do teu regaço!

És tu a realidade a que me enlaço,
princípio, meio e fim dos meus desejos,
a ansiar a perdição do teu abraço
e a chama ardente dos teus loucos beijos!

Pela ânsia que tenho de te amar,
seria um crime frear os meus instintos,
pois meu sonho é que os possa um dia guardar
no cofre dos teus íntimos recintos!

 

 

Justo Anseio
Ciducha

Emprestei das árvores os beijos que ganhou
os abraços trêmulos, tomei-os todos
porque no caminho, eu vinha sozinha...

Se a costa beijou o mar e a névoa
porque eu sinto tanto frio?
Porque não repartiu comigo esse calor...
Esse anseio?

Fecho os olhos... deixo a alma planar
para tentar ouvir teu coração
ao lado do meu, que bate teimosamente...

E os toques que vivemos
retornam ardorosos, pretensiosos
tudo querendo ser outra vez... real!

É isso!
Agora me diga com sinceridade:
- Porque me deixas à mercê dos abraços da brisa,
em vez de trazer-me os teus?...

 

 

Pescador de Sonhos
Carolina Ramos

Ante o fluxo e o refluxo da vida,
jogo a rede buscando uma esperança.
A vida é mar revolto que intimida,
mas, recompensa a quem jamais se cansa.

Pude provar, em minha intensa lida,
que nem sempre é melhor a maré mansa.
E que a onda bravia, impressentida,
pode levar à areia, que descansa.

O poeta é um pescador sempre à procura
de pérolas, no mar da vida esparsas...
Se a rede não vem cheia e a noite é escura,

o poeta-pescador, mesmo tristonho,
abre as asas liberto como as garças
e alegra-se ao pescar um simples sonho!

 

 

Justo Anseio
Osmarosman Aedo-2.000 e(ainda) Nós

Pergunto-me
Toda vez que de ti tento um sorriso:
Será não queres meu humor?
Mas,
Ao enviar-te flores,
Dia desses quando chovia,
Pude observar
Que não havia negado o sorriso
Nem meu humor fora desagradável,
Era a dor de ter perdido
O bilhete feito pra mim,
Que carinhosamente dizia: TE AMO DE PAIXÃO.
Meu justo anseio, agradeceu
E aconchegou-se num dos seu olhos
E pernoitou até que sonhasse outra vez.

 

 

Justo Anseio
Eline Santos

Minha alma busca alento
Nessa infinita solidão,
Dos amores que ditaram
O milagre da paixão.

Meu coração em aberto,
Vive constante ilusão,
Das lembranças que chegaram,
Trazendo lindas canções.

Suaves amores, saudades
Do grande amor que vivi,
Que chora saudade no outono,
Do grande amor que partiu,
Da ternura que ficou,
Dentro do meu coração..

Justo anseio me envolve,
Ditames do coração,
À espera do milagre,
De cantar uma canção..
Na busca do amor perdido,
Sem encontrar solução,

Refiz minha caminhada
A espera do perdão!
Imensa foi saudade,
Invadiu meu coração
E minha alma chorou.

 

 

Justo Anseio
Hamilton Brito

Tanto pedi que perdi
eu queria muito você
Não se pode muito querer,
pedir o amor de alguém
é sofrer como ninguém
Mas o que fazer...
É muito justo o anseio
você seria o meu esteio
só faltou você querer

 

 

Justo Anseio
Vitória Lynn

Amizade verdadeira
É o único
E amoroso laço que nos une,
Capaz de fortalecer cada vez mais
A confiança que tenho em Ti.
Pois creio,
Que enquanto estiveres ao meu lado
Meu coração estará sempre feliz,
Minhas dúvidas esclarecidas,
Meus sonhos e desejos a caminho da realização
Sem que nada me falte.
Pois em minha alma ,
Há um justo anseio pela tua presença!

 

 

Justo Anseio
Paulo Silveira de Ávila

Por que, entre nós,
esta solidão, esta frieza
no indiferente tempo?

Por que, entre nós,
este silêncio, esta culpa
na cumplicidade do desamor?

Por que, entre nós,
este silêncio, este vazio
no espaço vadio?

Por que, entre nós,
este gesto, esta vida
na impressão de estar só?

 

 

Meu Justo Anseio
João Coelho dos Santos

Meu Deus, dá-me coragem a coragem dar
Quando ela aos meus amigos faltar.
Se houver divisão,
Sirva eu para reconciliar.
É este o meu justo anseio

 

 

Justo Anseio
Maria de Fátima Delfina de Moraes

Minha alma perdida
em desdita desilusão
sem guarida
espera a ressurreição.

Lágrimas vertidas
em passado breve
entre a dor e a solidão
anseio por um amor leve
que cure-me o coração.

 

 

Justo Anseio
Gina Maia

Justo o anseio que tenho de te ver
já que foste tão ligeiro na conquista;
Porquê retardar, porquê sofrer?
Apenas desejo ver os olhos teus;
Talvez seja um direito que me assista.
Quero confirmar se neles leio minha verdade,
ao cruzarem-se com os meus,
ou se morrem de saudade
doutro olhar, que o passado aquiesceu!

 

 

Justo Anseio
Maria Olga de Oliveira Lima

Anseio buscar teus lábios, teu colo
Adormecer em teu regaço.
Abraçar-te
E receber os teus abraços.
O descanso,
O repouso, a alegria...
A poesia...
e estás comigo
Nada me falta
E não te falta nada.
Por isto é bom
Manter para conosco: o zelo
Justo é este meu Anseio.

 

 

Justo Anseio
Fernando Alberto Salinas Couto

Quando chega a luz da Lua,
justo anseio toma minh’alma
e macera meu coração,
desde que tu foste embora.
Este justo anseio se acentua
ao lembrar que foi só minha
toda culpa dessa solidão
que me castiga agora,
chorando em versos tristes,
desde o dia em que partistes.

 

 

Justo Anseio
Cássia Vicente

É justo ansiar estar ao teu lado?
Estarei sendo justa comigo?
Estarei sendo injusto contigo?

Perguntas sem respostas...
Na justa hora em que
nada mais anseio do que
estar ao teu lado...

Perguntas sem respostas...
Justo quando não queres
responder aos meus anseios...

 

 

Justo Anseio
JAS

O tempo vai passando
E minha alma continua a te procurar
Como se sua volta
fosse um balsamo para minhas dores
Pois suplico por te ver
Pelo menos mais uma única vez
Porque não quero esquecer teu rosto
Necessito de tua imagem
Para continuar sonhando com você!

 

 

Justo Anseio
Zenaide Giovinazzo

Pegadas perdidas ao vento
e o anseio de lhe ter
aguça-me o pensamento...

SP/Julho/2015

 

 

 Anseio pela Paz
Rita Rocha

Em nome da Paz geram-se tanta violência
disputas sem razão viram conflitos
fanáticos sem piedade e sem clemência
faz o povo massacrado e aflito.

Armas nucleares estão em vigência
uma temeridade, triste delito
tudo em razão desta tal Ciência.
armamento na guerra seria o finito.

Se nada podemos fazer, Fé em Deus e Paciência,
pra anular tais desditas. Ficamos restritos
aos governantes ambiciosos sem clarividência
e ao medo que nos assoma, sem um grito.

Terrorismo reflexo da falta de consciência
que se espalha deixando mortos e feridos
afetando a felicidade à existência,
deixando lágrimas, onde havia sorrisos.

Incompreensão, incompetência...
crueldade. Cadê os básicos requisitos
Amor, Paz , Fé, Bondade e a Paciência...
se não nos salvam das tragédias e dos conflitos...
podem alentar à vida com novo colorido.

 

 

JUSTO ANSEIO!
ZzCouto

Depositei em ti
os sonhos,
os medos,
os segredos.

Fugiste levando,
meu desespero,
meu coração
e a minha crença.

Numa espera nebulosa
fiquei perdida,
desconfiada, esquecida
por justo anseio.

 

 

JUSTO ANSEIO
Fernando Alberto Salinas Couto

Como poderia deter
esta mão trêmula
nesta escrita disforme
que tenta escrever
uma carta que macula
cada frase com teu mome?


Justo anseio me vela
cada verso pensado,
para que seja entendida
a verdade que desmantela
meu coração, atordoado,
nesta carta de despedida.

 

 

JUSTO ANSEIO
Maria José Zovico

Saudade chega sorrateira
A noite já vai ao meio...
Volta! De qualquer maneira...
Ah! Meu único e justo anseio!...

 

 

JUSTO ANSEIO
Sueli do Espírito Santo

Anoitece, a saudade me dilacera
com o coração partido ao meio
eu vivo sempre a tua espera
até te vejo nesse meu devaneio
sonhando um final feliz
com você é o que sempre quis
liberta-me deste justo anseio.

 

 

:::VOLTAR:::