PARTICIPANTES

1- Eduardo Gragnani
2- Clara da Costa
3- Nelson Carvalho
4- Edilson Xavier de Menezes/Edmen
5- MaluBarni
6- Hamilton Brito
7- Décio Rodrigues Lopes
8- Humberto-Poeta
9- José Hilton Rosa
10- Paulo Silveira de Ávila
11- Zenaide Giovinazzo
12- Isabel C S Vargas
13- JAS
14- Yna Beta
15- Marinez Stringhetta/Mara Poeta
16- Gina Maia
17- Mifori

18- Sonia Nogueira
19- José Ernesto Ferraresso
20- Maria Olga de Oliveira Lima
21- Eline Santos
22- Clair Wilhelms
23- Cel (Cecília Carvalho)
24- Rita Rocha
25- Vitória Lynn
26- João Coelho dos Santos
27- Eugénio de Sá
28- Cida Micossi
29- Nina Maria
30- Glória Tabet Marson
31- Socorro Lima Dantas
32- There Válio
33- Sueli do Espírito Santo
34- Heloisa Abrahão(SC)

 

 

 

Destemido
Eduardo Gragnani

Eu posso voar no horizonte
que se perde no tempo, mas
a aliança do amor em nozes nobre,
suplanta qualquer ventania.

 

 

Destemida
Clara da Costa

Entre casulos secretos e labirintos,
ensaio voos de liberdade,
silencio a alma em tempo de metamorfose,
danço entre flores e perfumes... inebriada pelo teu olhar.

 

 

Destemido

Nelson Carvalho

DESTEMIDO neste ponto,
perante mulher formosa,
se não falo fico tonto,
se não for verso será prosa!

 

 

DESTEMIDO
Edilson Xavier de Menezes/Edmen

O meu destemor
não é movido pela fantasia,
mas o meu amor é feito
de alegria, real e constante.

 

 

Destemida

MaluBarni

Da beira, recebo o pó da estrada
Estática, muda e muito calada
Entrevejo o sonho como um nada

Estou na feira, sem eira nem beira
Resta-me pouca sopa, na sopeira
Céus, quero fugir desta fina poeira

Levantar e alçar voos, qual Fénix.
Içar todas as velas da vil vontade.

 

 

Destemido
Hamilton Brito

Eu sou um ser destemido
mas, particípio de destemer
pois se há algo que não temo
é o temor de te querer

 

 

Destemido
Décio Rodrigues Lopes

Destemido lanço o olhar,
pra Jesus com extasia!
minha fé faz contemplar,
uma cruz, ela vazia.

 

 

DESTEMIDO

Humberto-Poeta

Cuidado, sonsa garota,
tão precoce, tão marota,
e tão dada à leviandade...
Não atraques no meu porto
se pro amor me julgas morto
por eu já ter certa idade...

Não é uma idade provecta
que vai tornar-me um asceta,
pulcro monge ou casto freire...
Sossega lá tuas bravatas,
pois cochicham muitas “gatas”
que eu não sou flor que se cheire!

 

 

Destemido
José Hilton Rosa

Destemido da barbárie humana
Assaltando a coragem do humilde
Enfraquecendo à loucura psíquica
Indomável ser
Flácido jogo de interesses

 

 

Destemido
Paulo Silveira de Ávila

No fantástico mundo indomável
das forças abruptas e insensíveis,
vive o destemido homem.
Implacável lutador,
náufrago, abraça o corpo exaurido.
Irremediavelmente suas algemas
o amarram no chão...incrédulo
vivo.

 

 

DESTEMIDO
Zenaide Giovinazzo

Audaz, lança o brilho do olhar
e observa as curvas sinuosas
que enfeitam o vestido...
Seria pecado tirá-lo?
Pensamentos vorazes embriagam
e embaralham as idéias,
a culpa cresce, mas, o sorriso
mais bonito invade o coração
e de repente, explode o tesão...

São Paulo/Abril/2016

 

 

Destemida

Isabel C S Vargas

Sem medo entrega-se ao amor,
Destino obrigatório de jovem sonhadora
Quer quer beber o cálice por inteiro,
Sem esperar pelo amanhã .

Destemor próprio da juventude
Que não teme a transformação
Vence as fases de mudança
E enfrenta o futuro com esperança.

 

 

DESTEMIDO
JAS

Destemido é o homem
Que fracassa na primeira tentativa de fazer amor
E não diz que a noite está perdida
Que tem fé no seu poder de sedução
E murmura baixinho:
Vamos tentar outra vez

 

 

Destemida
Yna Beta

Entre folhas e flores perfumadas,
Encontrei-me tal qual um casulo
Livrei- me da dura crosta armada.
Sonhei em voar, era ainda imaturo
na ânsia de ter liberdade e amada,
Voei borboleta, sonhei acordada!

 

 

Destemida

Marinez Stringhetta/Mara Poeta

Escrevo nossa história
Visto-me de orvalho
Macia verde relva
Brisa mansa, noite calma de verão
Pirilampos lampejantes
Amor, Emoção, Sedução.

 

 

DESTEMIDA!

Gina Maia

Serei destemida
quando entro no barco
e me faço ao mar ;
Em noites de tempestade
para te poder amar!
Fui destemida ao enfrentar
o papão, apoiando os mais fracos.
Quando se parte e reparte
o pão que se faz sobrar.
Mas o voo mais destemido,
é o que faço nas garras das águias,
deixando-me guiar pelos elos
do sexto sentido!

 

 

Destemido
Mifori

Em ti cultivas o bem
do que puderes fazer;
e destemido também,
ressaltas o teu viver.

 

 

Destemida
Sonia Nogueira

Não corro, mas alcanço a meta
dos meus desejos ocultos,
sigo a estrada, ultrapasso pontes
E nas montanhas a seta, seja...

 

 

Destemido
José Ernesto Ferraresso

Após um ímpeto foi ousado e
irreverente em frente aquela mulher.
Sua coragem derrubou a intempérie
que a vida deixou.
Valentia existiu ali!
Pessoa audaciosa e destemida
tivera que deixar a timidez do lado e
num impulso com sua coragem
começou com ter um pouco de paz
para tudo terminar como tivera sido antes

 

 

Destemida
Maria Olga de Oliveira Lima

Naquela tarde de Sol,
A atitude foi decisiva. Destemida!!!
Precisava ser assim...
Meus olhos brilhavam diante dos seus...
Brilhavam de amor... brilhavam de dor...
E entre lágrimas,
Mal pude ver seu vulto se apagando
E distanciando-se de minhas retinas.
De repente no avião...
Contemplava o céu... o meu alento...
De lá para cá, meu eu
Encontrou-se comigo mesma e eu me redescobri...
Meus braços se abriram para outros braços.
Agora, mimada por carinhos
Inteiros e verdadeiros;
Amada como em sonhos,
Meu mundo sorriu...

 

 

DESTEMIDO
Eline Santos

Descobri-me apaixonada,fui ao teu encontro,
Vestindo o manto da noite, levando no peito anseios...
Viajei, por um céu acetinado de estrelas,
Guiada pela claridade encantadora da mãe lua,
Que sorrateira me espiava... volteando no espaço.

Vi-me então em teus braços, recebendo o morno abraço,
Brindando meu corpo inteiro,na emoção desse primeiro abraço.
Seguimos, mãos entrelaçadas em busca dos raios do amanhecer
E assim, serenar uma vez mais nosso bem querer.

 

 

Destemida

Clair Wilhelms

Desafios enfrentados pela vida
E tantas pedras desviadas
De repente, uma luz surge bem ao longe e,
Mostra, que força e coragem sempre vencem...

 

 

Destemida

Cel (Cecília Carvalho)

Qual borboleta voei ao seu encontro
sem medo me atirei em seus braços
depois só beijos e abraços
o resto, o futuro faria ...

 

 

Destemida

Rita Rocha

Nem solidão, nem tristeza.
Continuo a caminhada...
sozinha, e não vejo nada
que me tire tal certeza...

 

 

DESTEMIDA
Vitória Lynn

Sinto-me destemida
a continuar encarando os inúmeros desafios
que ainda terei de enfrentar,
para que eu possa finalmente alcançar
os incríveis resultados
de uma busca incansável,
por um futuro melhor.

 

 

DESTEMIDO

João Coelho dos Santos

Porque és destemido,
Teu destino é o do vento
Que quer ignorar
O bulício descomunal do mundo
E as vozes de paranoicos
Que esgrimem e ferem
Com seu ego de rastos.

 

 

( Aos valorosos pilotos de Fórmula 1 )
O destemido

( Eugénio de Sá )


Ao comando do pé solta-se a garra
Que o piloto tem sobre o asfalto
E então o seu valor fala mais alto
Quando do pelotão ele se desgarra.

Lançado em velocidade pla potência
Que sob o corpo sente dominada
Sabe abordar cada curva da estrada
E ultrapassar com mérito e excelência.

Em cada pódio que por direito ocupa
Não exorbita o gesto, é sempre afável
E ouve o seu hino em jeito respeitável.

Muito lhe deve a pátria onde nasceu
Cada “grand prix” domina, em apogeu
Cada vitória é feito memorável

 

 

Destemida
Cida Micossi

Eu sozinha viajando
pela terra ou pelo ar,
graças aos céus vou dando,
não quero nunca parar.

 

 

DESTEMIDA
Nina Maria

Dei - te muita liberdade,
confiando em teu amor,
não soubeste aproveitá - la,
relegaste - me à senzala,
traindo - me, sem pudor!!

Foi tanta dor, que esqueci
dos meus sonhos, minhas asas,
solidão era muralha,
o silêncio era mortalha,
as saudades... eram brasas...

Despertei do pesadelo,
como deusa adormecida,
soprei cinzas e nuanças,
repaginei as lembranças,
me refiz mais destemida!

 

 

Destemida

Glória Tabet Marson

Não duvide da mulher
quando se trata do amor;
ela faz o que bem quer,
desenvolta e sem temor!..

 

 

DESTEMIDA...

Socorro Lima Dantas

Destemida, saio voando
Ao lado do meu pássaro,
Que cedinho, teima em me seduzir
Com o seu lindo canto, sem cessar,
Encorajando-me para um longo vôo
de sonhos.

Sem planos de pouso, nem porto.
Batendo os braços, imito o seu vôo
E entre as nuvens, só nós dois
A voar... E voar... Sem parar...
Sobrevoamos o lindo céu azul,
Diante daquele sol de primavera

Que nos atraia a cantar e esvoaçar sem parar.
Juntos, naquela travessura tão nossa
Decidimos criar a nossa dança,
Desenhando corações no ar
Entrando e saindo das nuvens,
Mudando de direção a todo o instante,

Flutuando ao vento, sem nada planejar.
Foi quando demos conta da nossa audácia !
Decidimos encerrar a nossa emocionante aventura,
com planos para novas excursões.
Com o meu pássaro,

Aprendi a voar no infinito, ser destemida,
E livre como a brisa das montanhas.

 

 

 Destemida
There Válio

Sou fera, sou ave, sou sol, sou lua...
Nas tempestades sou abrigo,
Nos dias quentes a sombra amiga,
Nas noites o clarear da lua;
Essência dos apaixonados,
No destemor da paixão.
Sou a ave de rapina,
Que destemida caça a serpente,
Sou a coragem e destemor,
Da fera selvagem defendendo a cria.
Sou destemida pra enfrentar na vida...
A dor da perda de um ente amado,
E a minha alma segue comigo...
Enfrentado sem medo,
Os caminhos tortuosos da vida!

 

 

DESTEMIDA

Sueli do Espírito Santo

Destemida, vou no tempo e no espaço
por caminhos que eu mesmo traço
às vezes, cambaleante, meio errante
repleta de esperança, eu não desisto
de correr atrás dos sonhos, eu insisto
seguindo minha jornada confiante
se houver obstáculos eu vou superar
continuo e não vou me desesperar
Destemida vou sempre adiante.

 

 

Destemida

A minha coragem vai me levar,
Longe, a qualquer lugar.
Basta somente eu acreditar
E os sonhos realizar.

Heloisa Abrahão(SC)

 

 

Edição Mara Pontes

 

 

:::VOLTAR:::