PARTICIPANTES

1- Paulo Silveira de Ávila
2- Clara da Costa
3- Orlando Caetano
4- Isabel C S Vargas
5- Heloisa Crósio
6- ZzCouto
7- Maria Olga de Oliveira Lima
8- Cássia Vicente
9- Virgilio Roque
10- José Hilton Rosa
11- António Barroso (Tiago)
12- Osmarosman Aedo- 2.000 e Nós
13- There Válio
14- Maria de Fátima Delfina de Moraes
15- Nilza Stringhetta Rossi
16- Fernando Alberto Salinas Couto
17- Sonia Nogueira
18- José Verdasca
19- Yeda Chiviacowsky
20- Clair Wilhelms
21- Marinez Stringhetta/Mara poeta

22- José Ernesto Ferraresso
23- Cel (Cecilia Carvalho)
24- Márcia da Costa Larangeira
25- Rute Seubert
26- Gina Maia
27- Luíza Almeida
28- Vitória Lynn
29- Maria Tomasia
30- Rita Rocha
31- Sueli do Espírito Santo
32- João Coelho dos Santos
33- Nidia Vargas Potsh
34- Eliana Ellinger
35- Edilson Menezes/Edmen
36- Cida Micossi
37- Zenaide Giovinazzo
38- Susana Custódio
39- Elaine Ermel
40- Ilze Soares
41- Eline Santos
42- Malu Otero

 

 

 

Aquarela
Paulo Silveira de Ávila

Uma estrela no céu
muito azul,
nuvens escuras sobre o horizonte
formam árvores
com últimos raios de sol
no seu adeus
ao dia que se vai...

 

 

Aquarela
Clara da Costa

Os últimos raios de sol
pintam o céu multicolorido
salpicado de estrelas
que chegam com a bela lua,
para tomarem seu lugar na natureza
nesse dia que
mais uma vez adormece...

 

 

Aquarela
Orlando Caetano

Uma a uma desfolho
as lágrimas da tua ausência
há navios no meu peito
à procura do teu

Uma azenha esconde-se
debaixo das silvas
uma mágoa deambula
pelos caminhos
em tua busca

Subo a cada monte
e vejo a distância
Procuro ainda notícias tuas

 

 

Aquarela
Isabel C S Vargas

O luar prateado banha as águas escuras
Que refletem um facho iluminado
A entrada que leva às estrelas.
Ao amanhecer os raios de sol douram o horizonte
Destacando o multicolorido dos campos verdejantes
E o belo arco-íris das variadas flores amanhecidas de orvalho
Que irão desabrochar antes do novo anoitecer.

 

 

Aquarela
Heloisa Crósio

E no entardecer o céu se tinge de laranja,
enquanto o sol como uma bola de fogo,
vai se escondendo rapidamente no horizonte!
Então a noite cai...fria , pintando o universo de Azul escuro .
Poucas estrelas cintilam no firmamento, e a lua aparece timidamente!!
Mais um dia que o tempo deixou no passado!!!

 

 

Aquarela!
ZzCouto

Não é inóspita a brisa,
nem surda a montanha.
Elas sentem, elas têm vida,
têm também suas canções
e o sol em aquarela...

 

 

Aquarela
Maria Olga de Oliveira Lima

Despede-se o sol em aquarela...
Seus raios encantam toda a terra.
Na atmosfera há mais brilho e cor.
Abraço meu amor,
Com brilho no olhar.

Beijamo-nos devagar
E contemplamos a natureza
Que se despede de mais um dia,
Pondo mais alegria em nossos corações
Ao compartilharmos
Incontáveis carícias e tantas emoções...

 

 

Aquarela
Cássia Vicente

O sol refletindo no manso lago verde...
As nuvens dando seus tons de azuis e brancos...
De repente, como asas de anjo, um avião
passando doando seu som...
Um sorriso brota nos meus lábios
agradecendo à vida...
Anoitece em bênçãos multicoloridas.

 

 

Aquarela
Virgilio Roque

"A vida é divina porque é bela."
"A verdade é a beleza da alma."
O Cosmos é a mais bela aquarela
E seu encanto, o que mais me acalma.

 

 

Aquarela
José Hilton Rosa

Doce e formosa cor
amarelo brilhante em flor
meiga sombra de meu prazer
faz de mim um objeto
doce aquarela do Brasil
som, meigo, amigo de todo prazer
Aquarela ...

 

 

Aguarela
António Barroso (Tiago)

Se as recordações brilham como raios de luar
na superfície do largo calmo,
há crianças empoleiradas
nas montanhas da aventura.

Se o minúsculo grão de areia
provoca ondas concêntricas na lisura da água,
há um adulto que recorda
sonhos e outrora.

Se uma folha plana,
levitando, no entardecer de Outono,
por sobre o banco do jardim,
há um velho que é tema
da aguarela da vida.

 

 

Aquarela
Osmarosman Aedo-2.000 e Nós

Multicores aventuram-se
Em cerdas que se multiplicam enquanto criam
Um artista em sua elevação
Seduz imagens, rabisca formas, tenua a inspiração
E cai de prazer ao exibir sua tela a um cavalete.
Ai é quando cai das mãos a aquarela
E respinga tinta no assoalho da exposição...

 

 

Aquarela

There Válio

A tarde expira com o ocaso,
O céu multicolorido
Faz com que a natureza
Mostre ainda mais a sua beleza,
Complementando com o anoitecer,
Onde a lua exibindo o seu brilho,
Inspira a emoção nos poetas!

 

 

Aquarela

Maria de Fátima Delfina de Moraes

Ao por do sol,
a lua cintila seu amarelo furta cor
e a noite vestida em manto estrelado
quer proteger-se das gotas de orvalho.

 

 

Aquarela

Nilza Stringhetta Rossi

Em aquarela vejo as cores pela janela
Do meu quarto em quadros pintados por mim
Em aquarela pinto o bolo da minha tigela
Muito fofo de fubá
Em aquarela arranjo as esferas do meu mundo
criado ao som dos cantos angelicais
Em aquarela vou colorindo vielas
No meio dos vendavais.

 

 

Aquarela

Fernando Alberto Salinas Couto

Reflete no espelho do mar
o azul do céu anil,
obra de arte da natureza
que aprendemos amar,
neste gigante Brasil, onde habita toda beleza,
berço de muitos amores
e com flores de todas as cores.

 

 

Aquarela

Sonia Nogueira

Na tarde silenciosa que se esvai,
as cores vão sumindo divagar,
os raios coloridos dão adeus,
até no outro dia, ao som do mar.
Que hora divinal os olhos veem,
é hora do encanto angelical
parando a natureza na altivez.

 

 

Aquarela
José Verdasca

Sonâmbula vagueando na noite enluarada
Desnuda, descalça, esvoaçando ao vento
Na cidade antiga, deserta, de ruas tortuosas
Deslumbrante cenário de fêmea apaixonada
Quando surge um pintor de grande talento
Que na aquarela a pinta, num leito de rosas

 

 

Aquarela
Yeda Chiviacowsky

Amanheceu,
e os primeiros raios de sol
surgem no horizonte,
trazendo consigo
muita luz, paz e energia
para toda a humanidade...

 

 

Aquarela
Clair Wilhelms

Um espetáculo sem igual
Acontece quando o sol se põe
Raiios luminosos se misturam no céu
Aguardando logo a seguir
A lua cheia aparecer
Misturando-se às estrelas brilhantes
Se despedindo do dia que finda
Dando lugar a noite que vem...

 

 

Aquarela
Marinez Stringhetta/Mara poeta

Natureza multicolorida
Flores do campo ou exóticas
Buquê nas mãos
Arranjo nos vasos
Simbolizam caixa de aquarelas
Pintor...Poeta...
Magicamente expressam

 

 


Aquarela
José Ernesto Ferrarresso

Como é bom saber
escolher as cores
para pintar usar e abusar
das multicolores.
Este é o sabor interno
de qualquer pintor.
Na aquarela da vida,
quando acordamos ao abrirmos
os olhos deparamos
com o universo e colorimos
como nosso espírito o vê.

Vamos, constantemente, sentir
e colorir nossa vida!

 

 

Aquarela
Cel (Cecília Carvalho)

Vejo um arco-iris colorido
pintado qual uma linda aquarela
meus olhos faiscam em cores
seguindo aquela fantasia
que me envolve com suas tintas
me deixam ainda mais bela ...

 

 

Aquarela
Márcia da Costa Larangeira

No horizonte, gaivotas em voos razantes
sobrevoam o mar com águas ondeantes
Num silencioso paraíso... em uma ilha deserta
Assim é formado o cenário, qual um momento íntimo acoberta
Misturando seu calor com o do sol brilhante,
deitados na areia, dois corpos entrelaçados, de amantes...

 

 

Aquarela
Rute Seubert

A noite cai com uma brisa de arrepiar
a pele.
É capaz de transformar em aquarela
todo o lugar que estou.
Passo a observar e ser só dela como
as estrelas são do infinito.
Assim passo a meditar.

 

 

Aquarela
Gina Maia

Com as minhas aquarelas
pintei as rosas mais belas
que nasciam no jardim.
Numa paleta esbatia
a alquimia, entre o escuro e a luz do dia.
Desfilavam na tela, rosas da cor do mel,
os azuis celestiais, rosas brancas virginais,
rubras da cor do sangue;
E ainda as amarelas, a cor dos intelectuais!
Quadro pleno de poesia...que me saciava,
porque quando as rosas pintava,
sorvia do rosal o perfume qu'inebria!

 

 

Aquarela
Luíza Almeida

São as cores do mundo:
Os verdes das matas, o azul do céu.
As multicores das flores.
Os brilhos das estrelas, a luz da lua.
As cores das roupas, das multidões.
As bandeiras dos Países.
Todos juntos foram a beleza da Aquarela.

 

 

Aquarela
Vitória Lynn

Estrelas que brilham como purpurinas,
Raios de sol que iluminam nossos dias
E belas flores que enfeitam nossos jardins,
Nada como ter uma natureza
Que sabe encantar o mundo com cores.

 

 

Aquarela
Maria Tomasia

No céu de cor alaranjada
surge uma estrela solitária; ​
logo aparece a lua brilhante.
Já não se veem ​mais os raios do sol.
Novas estrelas bordam o firmamento;
é a noite que chega ​​para descanso
da natureza que adormece.
Ao acordar, ​estará ​ ainda mais bela.

 

 

Aquarela

Rita Rocha

O sol que pinta matiz nas floradas
do meu canteiro de flores amarelas
é o mesmo que a torna desbotada.

O sol nos traz cores e nuances,
presentes da sábia natureza
que faz de nossa vida uma aquarela.

Como é tão linda a Natureza!
Natureza: deixe meu jardim com cheiro de beleza!

 

 

Aquarela

Sueli do Espírito Santo

Olhe o raio de sol, pela janela
brilha nas pétalas das flores
parece uma festa das cores
pincelando toda a paisagem.
Olha só, como uma aquarela
criando a mais bela paisagem

 

 

Aquarela

João Coelho dos Santos

Numa tarde de sábado ou domingo
Viu, com seus olhos azul de cinza,
A adolescente, com seios de seiva.
Ele, magro como um flamingo,
Atento e sedento
Sorvia cada sorriso
E cada palavra dela,
Bonita aquarela.

 

 

AQUARELISTA!
Nídia Vargas Potsch

Quisera ser aquarelista
da minha própria vida
e pintá-la com as cores
do alvorecer... cores de viver...

Numa cromia de amor
lembrando a melodia
que se sabe de cor e
se guarda na memória.

Juntaria as tintas na palheta
fazendo estranhas combinações.
Nuances de todos os tipos
com pitadas apimentadas
de diversas sensações...

Misturaria alho com bugalhos,
criaria luzes e matizes nacarados,
nem frios, nem quentes,
num colorido complementar
refletindo um eterno encantar.

E no contraste supremo
de beleza e cor,
enfeitaria minha vida
com uma policromia
em poesias de amor!

@Mensageir@

 

 

AQUARELA
Eliana Ellinger

Eu só queria,
pintada de aquarela,
ter o brilho de um raio de sol
em meu olhar.
Eu só queria,
ser como aquela borboleta ...
Aquela !
Pousar no teu ombro,
beijar teus lábios,
esvoaçar por teus cabelos
e, loucamente,
TE AMAR !!!!

 

 

AQUARELA
Edilson Menezes/Edmen

As cores lindas que transbordam o matiz
no por do sol,
é o arrebol do meu país...
As núvens se formam,
transbordam imagens em formação,
é o sentir da emoção,
que faz presença
no coração.

 

 

Aquarela

Cida Micossi

E depois do temporal
Vem nos mostrar o bom Deus
Aquarela sem igual
Qu’encanta a crentes e ateus.

 

 

AQUARELA
Zenaide Giovinazzo

O colorido da Vida
faz do meu coração
uma caixa de surpresa,
de sonhos e de emoção!

SP/Fevereiro/2015

 

 

Acquarela
Susana Custódio

Em leves em cores ancestrais
Os nossos momentos ficaram gravados
Como rapsódias líricas a nós sonegadas
Encontros sempre mágicos e imortais
Retratados numa aquarela pintada
Em leves cores ancestrais

 

 

Aquarela

Elaine Ermel

Um pôr-de-sol com tons de laranja e violeta,
num céu de azul-anil,
como ondulante vôo de borboleta,
num final de tarde de abril,
e uma estrela com brilho estonteante
que surge na linha do horizonte,
reacende a paixão no coração dos amantes.

 

 

Aquarela da Vida
Ilze Soares

Cada dia tem uma cor diferente.
São claros os de paz e alegria,
pelo sol iluminados,
mesmo que la fora caia tempestade.
São negros, os de tristeza e melancolia
e nenhum raio de luz clareia,
mesmo que o sol esteja fulgurante!
Os dias de dor e decepção
têm o vermelho da fúria,
depois passam para o marrom da mágoa...
E assim a aquarela da vida
vai dando o tom
conforme o estado do nosso coração.

 

 

Aquarela
Eline Santos

Envolve - me no teu sorriso,
E leva - me por caminhos estelares.
Onde eu possa depositar,
O meu desejo de amar.
Envolve- me no teu olhar,
E conta-me, que promessas pretendes me dar.
Quem sabe, sigamos caminhos
E nos encontremos além mar...
E quando o por do sol acontecer,
Tingido de cores que fez,
O nosso amor nascer,
Com pincéis frementes de amor.

 

 

Aquarela

Malu Otero

É te ver sorrir estonteante,
Me abraçar e enxergar tudo
Colorido, com a cor esfuziante
Do arco-íris num céu de veludo...
É, mais que tudo,
Ter a certeza do infinito ao teu lado,
Sem limitação de tempo e espaço.

 

 

Edição Mara Pontes

 

:::VOLTAR:::